HOUSES-OF-EMPATHY logo-BRANCO-01

"A janela: não é onde a casa sonha ser mundo?", Mia Couto

METÁFORA

“Casas de Empatia” remete-nos para um espaço onde se vive num ambiente acolhedor, seguro e feliz. Vemos o percurso até aí como se da construção de uma casa se tratasse.

Começando pelas bases, onde todos os tijolos são essenciais, pretendemos que os jovens consigam valorizar a importância de cada elemento para o todo, e o seu papel enquanto alicerce da casa onde vive.

Progressivamente, o foco nas diferentes competências pessoais e sociais, vai-nos dando ferramentas para progredir na construção da nossa casa, dando lugar ao aparecimento de portas, janelas, telhado e elementos decorativos, que fazem da nossa casa algo com que nos identificamos e do qual somos parte.

No sentido de possibilitar a integração desta metáfora de forma mais consistente, os jovens serão convidados a ir construindo na realidade a sua Casa da Empatia, acrescentando gradualmente a esta casa os elementos trabalhados em cada unidade do programa.

Fique a saber mais sobre esta construção na secção – “Ação”.